Harley Linha 2018 – Algumas Confirmações

Amigos Leitores,

Estamos há 1 semana do lançamento oficial da linha 2018 da Harley-Davidson, que ocorrerá em Los Angeles entre os dias 21-25 de Agosto e já tenho algumas confirmações a respeito do que veremos….logicamente, não tenho fotos e alguns modelos ainda não sei ao certo o que realmente são…..mas vamos às novidades:

1- LINHA SPORTSTER

A principio, não teremos quaisquer novidades mecânicas. A grande novidade é que teremos uma Anniversary Edition na linha, e como nos anos anteriores, é uma Sportster 1200 – no caso, será uma Forty-Eight. Os modelos serão:

– Iron 883
– SuperLow
– 1200 Custom
– 1200 Roadster
– Forty-Eight
– Forty-Eight Anniversary Edition

Detalhe interessante, a tabela de cores lista como a 1200 SuperLow como modelo que será destinado ao mercado internacional.

2- Linha Dyna

Confirmadíssimo, teremos finalmente o Milwaukee-Eight na família Dyna, e esperem alguma modificação no chassi para acomodar o motor. Até o momento, sem informações se será exatamente o mesmo que hoje equipa as Touring ou alguma variante (como tivemos com o Twin Cam em suas versões A e B).
Teremos uma Fat Bob com motor de 114 CI (CVO talvez ou linha “S”….explico quando chegar na Softail mais abaixo). Curiosamente, não vi nenhuma Anniversary Edition listada, mas provavelmente teremos pelo menos 1 modelo com as cores especiais.

– Low Rider
– Street Bob
-Fat Bob
– Fat Bob 114

3 – Linha Softail

Também confirmado o Milwaukee-Eight e também esperem alguma modificação de chassi para acomodação do motor. Aqui é onde provavelmente se concentra o maior número de novidades. Segundo as informações recebidas, teremos modelos da Família “S”, que foi expandida para quase todos os modelos da linha Softail, contrariando rumores que elas deixariam de existir e motores listados com 107 e 114 CI, logo assumo que a linha regular será 107 e a 114 será a linha “S”.
O que talvez seja mais curioso é que surgiu uma nova nomenclatura (V e X) que não sei exatamente do que se trata…vejam abaixo e tirem as conclusões:

– Breakout
– Breakout S
– Breakout S  Anniversary Edition
– Deluxe
– Fat Boy
– Fat Boy S
– Fat Boy S Anniversary Edition V (o que é esse V, não faço ideia)
– Fat Boy S Anniversary Edition X (o X também não sei do que se
trata)
– Heritage Classic
– Heritage Classic S
– Heritage Classic S Anniversary Edition
– Slim

4 – Linha Touring e CVO

Aqui tem uma grande novidade, especialmente para as CVO: Como o motor de 114 será usado na linha “S”, nada mais interessante do que um novo aumento de de cilindrada para a linha mais exclusiva da HD. Segundo a documentação recebida há um motor de 117 CI (1923cc), que acredito eu que será destinado às CVO. Curiosamente, a documentação não faz qualquer menção à Street Glide (normal e Special), a Road Glide (normal e Special) e Road King, porém posso afirmar que elas serão mantidas pois aparecem na tabela de cores.  Aqui tal qual já vem acontecendo, a tabela de cores menciona a Road King Classic apenas para o mercado internacional.

– CVO Ultra Limited
– CVO Ultra Limited Anniversary Edition
– Electra Glide Ultra Limited Low
– Road Glide Ultra
– Ultra Limited
– Ultra Limited Anniversary Edition

5 – Linha Street

Aparentemente, a única “sobrevivente” desta nova família é a Street Rod que é um modelo mais bem resolvido do que a Street 500 e 750, porém vale lembrar que as 3 constam na tabela de cores.

6 – Trikes

Também sem grandes modificações, mantendo-se a Tri Glide Ultra e a Freewheeler, porém a Tri Glide Ultra terá opção de acabamento de Aniversário.

Agora, não sei ainda o que o mercado brasileiro receberá, porém a grande pergunta que fica é: Será que a HD vai ter consideração com o consumidor e oferecer o mesmo mix que teremos nos EUA? Me refiro principalmente à linha “S” que receberá o acabamento de aniversário (que nos outros anos tivemos edições de aniversário por aqui) e parar de vender, por exemplo a Fat Boy Special que havia sido mantida em alguns mercados para suprir a ausência da linha S (com suas resguardadas proporções, claro).

Aguardo os comentários dos leitores….e lembrem-se vocês sempre leram primeiro aqui!

Abraxx.

Indian lança linha 2018

Caros Leitores,

Nas última semana, tivemos a primeira novidade da linha 2018 com o lançamento da Scout Bobber no evento chamado X Games.

Hoje, no dealer convention em Las Vegas tivemos a apresentação do restante da linha 2018.

Além da Scout Bobber que já é conhecida foi apresentado 2  novos modelos e uma reorganização na linha Chieftain.

Vamos primeiro aos novos modelos:

1- Indian Springfield Dark Horse.

O mais novo modelo da linha dark da Indian é a Springfield.
Era um modelo que os entusiastas já esperavam e o produto final ficou de muito bom gosto. A moto, toda preta, inclusive guidão e mata-cachorro/mata-gato traz o para-lamas menor e rodas dianteiras de aro 19 que foram primeiramente apresentadas nos modelos Chieftain Elite e Limited. A moto inclui um para-brisas e está disponível em cor única Thunder Black Smoke por $20.999.

Naturalmente a Indian oferecerá uma gama de acessórios para acompanhar o modelo.

2018-indian-springfield-dark-horse.jpg

Screen Shot 2017-07-26 at 19.14.34Screen Shot 2017-07-26 at 19.13.06Screen Shot 2017-07-26 at 19.13.36

2- Indian Roadmaster Elite

A Roadmaster Elite eleva ainda mais o status da Roadmaster regular, trata-se de um modelo que possui uma pintura Candy finalizada a mão em dois tons de azul. O modelo ainda inclui alguns acessórios do catálogo regular da Indian porém, talvez o grande chamariz é o acabamento do tanque (nome) e algumas placas do motor folheados a ouro em 23k.
O modelo será limitado e custará $ 36.999

Screen Shot 2017-07-26 at 19.30.13Screen Shot 2017-07-26 at 19.32.52

3 – Scout Bobber

Esta já conhecida do público há 1 semana e comentada extensivamente em diversos blogs e sites. Trata-se de uma Scout 1133cc com tratamento bobber com objetivo de atrair o público jovem.
Em relação a Scout regular temos para-lamas traseiro e dianteiros cortados, piscas que integram luzes de posição, freio e piscas laterais (como nas HD), guidão mais baixo chamado de Street Tracker, suspensão traseira rebaixada e pedaleiras um pouco mais recuadas do que o comando avançado da Scout regular. Além disso há um Nacelle (que na HD chama-se de cabeça de touro) para o farol em acabamento preto.
No tocante ao motor, é o exato mesmo motor da Scout 1133cc, sem modificações.
Custará 11.499 em Thunder Black, 11.999 em Bronze Smoke, Star Silver Smoke, Indian Motorcycle Red.

2018-scout-bobber.jpg

4 – Reorganização da Linha Chieftain

Com os lançamentos de meio de ano da Chieftain Elite e Limited, para a linha 2018  a Indian optou por reorganizar todos os modelos.

Agora temos a Chieftain, que virá com o para-lamas menor e roda aro 19  motor preto e cor única Steel Gray por 21.499

2018-indian-chieftain.jpg

Chieftain Classic – que é o modelo que conhecemos hoje, estará disponível  em Thunder Black (23,999), Indian Motorcycle Red e Star Silver Smoke (esta última com o motor preto) – estas duas ultimas cores por 24.499

Screen Shot 2017-07-26 at 20.24.26.png

Chieftain Dark Horse, que também é outro modelo já conhecido, que agora contará com para-lamas menores e rodas aro 19 por 23.999

Screen Shot 2017-07-26 at 20.28.56.png

Por fim, a Chieftain Limited que atuará como o modelo mais luxuoso da linha contará com rodas aro 19 diferenciadas das restantes e acabamento de pintura premium. Estará disponível em Thunder Black (24.499), White Smoke, Brilliant Blue (24.999), Thunder Black Pearl with Graphics (25.699) e Bronze Smoke with Graphics (25.699)

Screen Shot 2017-07-26 at 20.30.24.png

O restante dos modelos recebeu atualizações em cores, a saber:

Scout Sixty: Thunder Black, Polished Bronze, Indian Motorcycle Red e dois tons Thunder Black over Titanium Metallic

Screen Shot 2017-07-26 at 20.37.48

Duas novas cores da Scout Sixty

Scout: O Banco do passageiro passa a ser item de série e ganhou novas cores  – Thunder Black, Metallic Jade, Burgundy Metallic, Dois tons Brilliant Blue over white e Dois tons Willow Green over Ivory Cream

2018-indian-scout.jpg

Bellissimo Jade Metallic

Screen Shot 2017-07-26 at 20.42.46

Willow Green over Ivory Cream com Acessórios

Chief Dark Horse – Sem quaisquer modificações do modelo já conhecido

Chief  – Passa  o modelo básico  e a ser oferecida em cor única – Steel Gray (em 2017 tinha o branco e uma opção de dois tons com vermelho/preto)

Screen Shot 2017-07-26 at 20.45.50.png

Chief Classic – Um modelo um pouco mais diferenciado (o que temos hoje no BR é o que passa a ser chamado apenas de Chief) Teremos Rodas raiadas e pneus faixa branca, em cor única Burgundy Metallic

2018-Indian-Chief-Classic.jpg

Chief Vintage – Ganha novas opções de cor além o Thunder Black, Willow Green over Ivory teremos Sky Blue over Pearl White e Star Silver Over Thunder Black (nesta cor as malas e bancos serão pretos)

Screen Shot 2017-07-26 at 20.51.56

Screen Shot 2017-07-26 at 20.52.18.png

Indian Springfield – Além do preto e do Cinza com Vermelho já atualmente oferecidos, junta-se um belíssimo Jade Metallic over Black

Screen Shot 2017-07-26 at 21.02.12.png

2018-indian-springfield.jpg

Agora, resta ver qual será a resposta da HD em 23 a 25 de Agosto onde a linha 2018 será apresentada…até o momento além das cores, curiosamente não houve muitos rumores além do Milwaukee Eight para as Dyna e Softail e uma possível unificação de chassis como hoje é feita na indústria automobilística….é esperar para ver.

Abraxx a Todos!

 

 

Primeiras novidades da linha HD 2018

Bom Dia, Amigos!

Estamos iniciando o mês de Maio e começa a época onde teremos aos poucos novidades liberadas dos principais fabricantes (aqui coberto por este blog a Harley e a Indian).

Acabei de receber a tabela de cores para a linha 2018 da HD  e gostaria de dividi-la com todos os leitores em primeira mão.

Vejam abaixo as fotos….porém um detalhe importante: Minha fonte não fotografou a parte onde temos as custom colors para 2018 e nem onde tem as Hard Candy Custom (flakes)…mas já adianto que elas estão presentes sim.

As HCC se chamarão Hard Candy Shattered Flake e Hard Candy Chamaleon Flake.

colors1colors2colors3colors4

Minha percepção é que teremos cores com tons escuros este ano…mas confesso a todos que estou curioso para saber como será as cores e o brasão das edições de aniversário para os 115 anos.

Gostaria de ler o comentário de todos!

Abraxx!

Nova HD – o “retorno” da Street Rod

Bom Dia Amigos,

Como havia dito no final deste post, onde fiz uma avaliação sobre a notícia de que a HD lançaria num futuro próximo 50 novos modelos…. argumentei que um dos caminhos seria a expansão da linha Street com o Revolution X.

Hoje pela manhã, neste pré-Daytona Bike Week, acordamos com mais um lançamento após a Road King Special.

Trata-se da Street Rod.

Isso mesmo, você não leu errado…Street Rod…aquele mesmo nome que já foi usado em 2006/2007 para um modelo mais esportivo derivado da V-Rod

Harley_Davidson_V-Rod_VRSCR_Street_Rod_2006_67faaddad3.jpg

Porém, como havia dito, um dos caminhos da HD surgir com novos modelos era justamente com a expansão da linha Street…e vemos hoje este modelo abaixo, que ganhou o mesmo nome.

1489028188052.jpg

8519.jpg

Como podemos ver, é uma Street 750 com algumas modificações visuais e  um certo grau de esportividade, além de modificações no chassi (angulo de cárter de 32 para 27 graus)

Comecemos pelo fairing e guidão. Trata-se de um guidão drag bar com os retrovisores incorporados na ponta dos grips. Estas duas peças já estavam disponíveis no catálogo de acessórios da HD desde o inicio do ano.

Screen Shot 2017-03-09 at 06.47.22.png

Outro detalhe importante a se observar, foi o uso de uma roda maior, aro 17 (com o mesmo desenho da roda da Livewire) e o conjunto de suspensão invertida e para-lamas (parecido com o da Roadster e Livewire também) – mais uma vez, o conceito de reaproveitamento de partes.

Screen Shot 2017-03-09 at 06.47.47.png

Por fim, a suspensão traseira possui ajuste a gás.

Screen Shot 2017-03-09 at 06.47.04.png

8536.jpg

O motor, apesar de ser o Revolution X que equipa a Street 750, foi baitzado de High-Output Revolution X uma vez que recebeu modificações similares ao Twin Cam com um melhor filtro de ar para termos mais potência – um aumento de 18% em cavalagem e 8% mais torque do que Revolution X normal

8523.jpg

A iluminação traseira e os piscas serão de led.

8526.jpg8530.jpg

A moto estará disponível em Vivid Black, Charcoal Denim e Olive Gold com preço sugerido de USD $8699.00

Segue abaixo os detalhes do novo modelo.

Screen Shot 2017-03-09 at 07.03.08.png

O que vocês acharam?? Aguardo comentários.

Abraxx a todos!

Roadster – Já vimos isto antes…

Caros amigos e Leitores!!

Desde a apresentação a imprensa e ao público da linha 2017 da HD, vinha pensando em escrever este artigo…talvez alguns de vocês concordem e outros discordem de mim…mas vamos lá!

As duas grandes novidades para 2017 aqui no Brasil é o motor Milwaukee Eight que equipa os modelos Touring, que já foi discutido extensivamente neste blog e em outros, além de reportagens e testes da imprensa. A outra novidade foi a introdução da XL1200CR – Sportster 1200 Roadster, ou simplesmente Roadster como o marketing da HD vem usando.

A moto para mim, não é considerada uma grande novidade e vou apontar o por quê disso.

1 – O nome

O nome Roadster não é exatamente uma novidade no universo HD, quem conhece os modelos que a HD lançou ao longo dos seus 114 anos sabe que no final da década de 70 e inicio dos anos 80, houve uma Sportster…..que recebeu o nome de Roadster.

A Sportster daquela época tinha como objetivo ser uma moto estradeira com um certo grau de conforto. Como destaque, a moto tinha uma suspensão dianteira mais longa, sissybar com uma bolsa além de freios duplos. O motor era um Ironhead de 1000cc.

Em 1979, ela ainda tinha o tanque peanut e um escape com saídas uma para cada lado, típico das HD da metade final da década de 70, como a foto abaixo ilustra.

79roadster1

Em 1980 veio o tanque maior e o escape foi modificado para o tradicional Staggered Shorty Dual

80_hd_roadster

Este modelo ficou em produção até 1985, quando com a introdução do Evolution na linha da Sportster em 1986 não seguiu em linha…. na sua última encarnação, o tanque já tinha embutido o  e montado no guidão estava o tacômetro.

As fotos a seguir são do catálogo de 1984 do meu acervo pessoal


O nome ficou dormente até 2004, quando na reformulação do chassi da Sportster para ganhar os coxins de borracha, a Sportster 1200 (informalmente chamada de Standard) foi “transformada” em outro modelo….a Sportster 1200 Roadster.

Incialmente lançada com o motor cromado, em 2006 passou a apresentar o acabamento wrinkle black como da foto abaixo (modelo 2007).

sportster

Na linha 2008, ganhou o tanque de 4 galões das 883 Custom e 1200 Custom

xl1200r

para então ser definitivamente eliminada na linha 2009.

Uma nota curiosa é que em alguns mercados, a Sportster 883R também recebia a denominação de 883 Roadster, particularmente no mercado inglês.

Agora, em 2017, a HD trouxe a nova encarnação do modelo….

1460902432609

2- As peças que já vimos antes…

A Harley tem um conceito que é conhecido chamado de “parts bin bikes”….que nada mais seria um “novo” modelo criado com peças que teriam sobrado de outros modelos.

Aqui torna-se visível este conceito vamos pontuar de onde saíram algumas partes que o marketing faz questão de mostrar como inovador.

2.1 – a Tampa do filtro de ar e a espada com o olho de gato “pendurado”: Você já viu  ambos, tanto a tampa cinza como a espada…em 2007 quando a Nightster foi lançada, olha ai.

xl1200n_01

07_xl1200n_2

2.2- A Suspensão Invertida e o paralamas dianteiro curto: Você já viu isto em 2 modelos na finada XR1200 (e a sua versão X – XR1200X) e no Project LiveWire

xr1200x_13

062414-2016-harley-davidson-livewire-electric-silver-004

O velocimetro e a suspensão traseira (que era novidade na linha 2016) já estavam disponíveis no catálogo de peças.

Já tive a oportunidade de sentar em uma tanto nos EUA como aqui no BR e o modelo não me agrada…porém, eu não sou o público-alvo deste modelo.

o que os leitores acharam?

Abraxx a todos

 

Roadmaster Classic – Minhas considerações

Bom Dia, amigos!

Resolvi esperar um pouco para escrever sobre a “novidade” (se é que podemos chamar assim) da Indian, para poder avaliar melhor a minha percepção sobre o assunto.

Eles lançaram, no final de fevereiro, um novo “modelo” chamado Roadmaster Classic, que nada mais é do que a Roadmaster com as bolsas da Chief Vintage e um TourPak em couro para combinar com as bolsas, bem como os bancos em caramelo.

1.jpg

Seria uma versão um pouco mais simplificada, já que não conta com o apoio de braços (vendido como acessório) e as caixas de som traseiras e preço discretamente menor.

Na minha modesta opinião, apesar de ser fã dos modelos da Indian…eu não gostei.

13.jpg

Achei que a combinação não ficou boa, além do fato de cair na mesma estratégia da HD….troque uma roda, guidão e acabamento e chame o modelo de novo.

Na verdade trata-se de uma variação de acabamento de um modelo (assim como as marcas automobilísticas fazem…exemplo Cruze LT e LTZ…mesmo carro, níveis de acabamento diferente…e não um modelo diferente).

Esperava ainda que, conforme o documento do CARB, viesse ainda duas Chieftain como publiquei, porém como estes modelos já estão homologados, é de se esperar que a Indian ainda os lance antes do proximo model-year.

Em entrevista recente, o chefe de design da Indian, informou que em breve veremos a companhia se aventurar em segmentos diferentes da linha cruiser…como isso será, só o tempo dirá.

Agora, falando de HD:

Muitos já leram que o presidente e CEO da HD deu uma recente entrevista dizendo que os próximos anos serão interessantes, onde a companhia irá lançar 50 novos modelos.

Vamos analisar a frase com muito cuidado e em detalhes:

1 – Hoje a HD conta com 37 modelos em seu portfolio (contando com as CVO e Trikes), naturalmente a companhia não irá ficar com 87 modelos em oferta.

2- Nesta conta de 50 novos modelos, teremos que considerar as renovações da linha Softail e Dyna que provavelmente irão receber o Milwaukee Eight – só aqui já são 12 “novos” modelos

3- A linha Sportster é a que menos recebeu mudanças substanciais desde 2004 quando foi introduzido os coxins de borracha…e a motorização é essencialmente a mesma desde 1986 quando o EVO substituiu o Ironhead. Dentro desta temática, eu espero uma remodelação importante quem sabe, um novo motor em breve….nesta continha temos mais 6 novos modelos.

Até aqui já totalizamos 18 novos modelos.

Espero ainda a expansão da linha Street como revolution X e de alguma forma, um futuro retorno na V-Rod…como, é dificil de prever…mas não impossível.

Um dos rumores que tenho ouvido com uma certa frequência é a questão de se usar um único quadro para gerar modelos e famílias diferentes, como faz a industria automobilística..onde uma plataforma dá origem a diversas famílias de carros diferentes.

Diz-se que o quadro novo seria baseado nas tourings (que iriam ganhar um novo chassi mais adequado ao Milwaukee Eight)

Da mesma forma que a Indian deve se aventurar em novos segmentos, também vejo a HD fazendo o mesmo em breve….ai sim, podemos ter modelos realmente novos.

Agora, é esperar para ver.

Abraxx.

Novos Modelos – Indian

Pessoal,

Como já publiquei neste post, a Indian apresentará novidades na sua linha no próximo dia 25.

Revisando os documentos de homologação das motocicletas junto ao Air Resources Board da California, descobri que o documento da Indian foi recentemente (25/jan) atualizado tornando o anterior obsoleto.

A novidade, como vocês veem na figura abaixo, não é  um modelo, mas sim três. As setas na foto são edição minha para facilitar a localização.

Screen Shot 2017-02-16 at 19.10.55.png

Agora, a curiosidade é, o que diferenciará a Chieftain básica dos modelos Elite e Limited…da mesma forma a Roadmaster da Roadmaster Classic.

Esperaremos para ver se as previsões se confirmam.

Abraxx a todos!